Pesquisar

O túmulo de D. Fernando I é um documento político

O nono rei de Portugal deixou uma má memória por permitir que o país ficasse numa situação difícil e nas mãos de uma rainha ambiciosa. Mas no seu túmulo, D. Fernando mandou lavrar outros marcos do reinado, como a Lei das Sesmarias e a Companhia das Naus.

Quando subiu ao trono em 1367 D. Fernando, filho de D. Pedro I e de D. Constança, estava nas boas graças do povo. Jovem e belo, forte e justo, o novo rei tinha qualidades para um reinado próspero e para pôr em prática as políticas necessárias ao desenvolvimento do reino e à consolidação de fronteiras.

Mal começou a reinar envolveu-se, durante três anos, em guerras com Castela para a seguir, embora prometido à filha do rei castelhano desposar Leonor Teles, o que originou uma nova guerra com o país vizinho. O fracasso da sua política militar, o casamento com uma mulher infiel, ambiciosa e sem escrúpulos, conduziram o país a uma grave crise nacional.

Com uma saúde precária, D. Fernando pressentiu a chegada da morte e encomendou um túmulo que não só seria uma obra de arte única na tumulária do século XIII, mas também o seu último testamento, lavrado em pedra calcária, onde perduraria a imagem de um rei consciente do problema sucessório, preocupado com a administração do país, com a agricultura e com a marinha.

Guardada no Convento do Carmo, a arca em forma de relicário e sem jacente, ou seja, sem estátua a representar o defunto, tem uma iconografia diversa e desafiante na interpretação, como a figura do “alquimista” de que ainda hoje não se conhece o verdadeiro significado.

Todas as superfícies da caixa sepulcral têm esculturas, máscaras de seres fantásticos, cabeças humanas, bem como alusões à vida de S. Francisco de quem D. Fernando era devoto profundo. São histórias do rei da má-memória contadas por Carla Varela Fernandes, historiadora de arte.

Ficha Técnica

  • Título: Visita Guiada - Ruínas do Carmo
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: Paula Moura Pinheiro
  • Produção: RTP
  • Ano: 2016

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui