Pesquisar

Os atentados das FP 25

O grupo Forças Populares 25 de Abril, também conhecido pela sigla “FP 25”, foi uma organização de extrema-esquerda, surgida no princípio dos anos 80 e apontada como responsável pela morte de 18 pessoas em diversos assaltos e atentados.

O surgimento oficial da organização terrorista ficou marcado pela explosão de diversos petardos no dia 20 de Abril de 1980, e nos anos seguintes o grupo reivindicou ataques e assaltos que matam e ferem diversas pessoas.

Contam-se assassinatos de empresários, gestores de empresas e elementos das forças policiais. Morre também uma criança num dos atentados. Para financiar as suas atividades são assaltados bancos e carros de valores. Quatro operacionais do grupo foram mortos em confrontos com as autoridades.

Otelo Saraiva de Carvalho, um dos operacionais da revolução de Abril de 1975, foi um dos seus elementos mais conhecidos e também um dos seus mentores.

Só parte dos elementos da organização serão julgados, apesar da muita dificuldade em obter provas. As últimas detenções relacionadas com as FP’s 25 tiveram lugar em 1992.

Um perdão presidencial abrange todos os crimes cometidos pela organização, exceto aqueles que envolvem crimes de sangue.

Ficha Técnica

  • Título: Retrospectiva dos atentados das FP 25
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Luísa Bastos
  • Produção: RTP
  • Ano: 2001

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui