Pesquisar

Quem eram os Moçárabes?

Dominados pelos muçulmanos, os moçárabes viviam pacificamente na Hispânia respeitando a autoridade do Islão. Quando o território foi reconquistado para a cristandade, estes cristãos, herdeiros do ritual visigótico, deixaram de ser tolerados.

A partir do século VII os muçulmanos entraram na Península Hispânica e conquistaram territórios que pertenciam sobretudo ao reino visigodo. O governo do califado impôs novas políticas administrativas, sociais e económicas mas não impediu que as populações que aí habitavam e que queriam permanecer, mantivessem os seus costumes e rituais desde que não perturbassem a nova ordem e pagassem os impostos estabelecidos.

Os cristãos herdeiros do culto visigótico, que ficaram conhecidos por moçárabes, viviam em bairros separados, como os cristãos de culto oriental, os judeus ortodoxos e todas as outras comunidades que se submeteram pacificamente aos muçulmanos. Durante o processo de islamização, muitos adotaram a cultura e a língua árabes, acabando mesmo por se converter ao Islão.

Quando os cristãos do norte iniciaram a reconquista, no século XI, os moçárabes foram obrigados a mudar os seus rituais. Tiveram de deixar o visigótico para seguir o gregoriano e os que não o fizessem eram considerados inimigos. Foram perseguidos, as suas peças de arte de influência síria e bizantina foram destruídas.

Uma parte da história dos moçárabes é aqui recordada pela historiadora de arte Carla Varela Fernandes.

  • Temas: História
  • Ensino: 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: Visita Guiada - Ruínas do Carmo
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: Paula Moura Pinheiro
  • Produção: RTP
  • Ano: 2016

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.