Pesquisar

Remo: aprendizagem e segurança

O remo é uma modalidade disputada nos Jogos Olímpicos desde a edição de Paris, em 1900, e que consiste em propulsionar um barco em linha reta para cumprir o percurso de 2 000 metros no menor tempo possível. Esta modalidade também integrava o programa dos primeiros Jogos Olímpicos, em 1896, mas foi cancelada devido às más condições climatéricas em Atenas. A estreia das provas femininas nos Jogos Olímpicos aconteceu em 1976, em Montreal.

No remo, ao contrário da canoagem, os remadores sentam-se de costas para a direção do movimento e têm os pés presos ao barco. O assento desliza nos carrilhos para trás e para a frente à medida que os atletas puxam os remos.

Nesta modalidade existem várias subdivisões. Cada remador pode ‘conduzir’ o barco utilizando um ou dois remos; o barco pode ter uma tripulação de uma, duas, quatro ou oito pessoas; pode ser incluída a presença de um timoneiro, que será o responsável por marcar o ritmo das remadas.

O desempenho dos atletas depende muito da combinação da força e da resistência, pelo que os melhores remadores são aqueles que têm a capacidade de suportar intensidades extremamente elevadas durante um período relativamente longo de tempo.

Este conteúdo é cedido ao Ensina RTP pelo Comité Olímpico de Portugal.

Ficha Técnica

  • Título: Remo: aprendizagem e segurança
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Comité Olímpico de Portugal
  • Ano: 2018

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui