Pesquisar

"Soneto do Amor Total", de Vinícius de Moraes

Ele é o "poetinha" do Brasil e o compositor de canções que revolucionaram a música brasileira e levaram a língua portuguesa mais longe. Vinícius fez-se mito quando, em parceria artística com Tom Jobim, fundou a Bossa Nova. Os seus sonetos de amor, melancólicos ou alegres, são reconhecidos sempre. Como este, com versos lidos pela fadista Cristina Branco no programa "Voz". Um encontro com a poesia para ver, ouvir e ler, aqui.

Soneto do Amor Total

Amo-te tanto, meu amor… não cante
O humano coração com mais verdade…
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Vinícius de Moraes

Ficha Técnica

  • Título: "Voz"
  • Tipo: Programa de Poesia
  • Autoria: Produções Fictícias
  • Produção: até ao Fim do Mundo
  • Ano: 2005

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui