Pesquisar

Um dia no Museu da Eletricidade

Como se fabrica eletricidade a partir do carvão e da água? A resposta está na antiga Central Tejo, um dos edifícios emblemáticos da cidade de Lisboa, que passou a sede de museu em 1990. Dentro deste gigante gerador, máquinas e tubagens contam uma história.

A história da Central Tejo começa numa pequena fábrica construída no início do século XX à beira-rio, que durante cerca de 10 anos forneceu eletricidade a Lisboa. Depois, no mesmo sítio, haveria de nascer um outro edifício, desta vez uma estrutura de ferro, grandiosa, revestida em tijolo, símbolo de um progresso que, devagar, chegava à vida dos lisboetas. O espaço foi sofrendo sucessivas ampliações e alterações para responder às necessidades cada vez maiores de energia. A central cumpriu serviço durante cerca de 50 anos, até ser destronada pelas hidroelétricas, mais baratas e menos poluentes. Desativada mas muito bem preservada, foi transformada pela EDP em Museu, um exemplar caso de sucesso do património industrial português. Já lá vamos.

As máquinas da termoelétrica começaram a funcionar depois da Primeira Guerra Mundial, em 1919. Fazer chegar energia elétrica e gás de iluminação pública à cidade, era o árduo e difícil trabalho de centenas de operários expostos a altas temperaturas e obrigados a respirar cinzas. O ciclo de produção tinha início com o carvão, toneladas de carvão que eram descarregadas dos barcos, armazenadas, tratadas e queimadas nas enormes caldeiras de alta pressão, com cerca de 30 metros de altura. Uma delas, a caldeira número 15, foi rasgada para mostrar o que se passava no interior das fornalhas.

Prosseguindo a visita, encontramos também explicado o ciclo de alimentação e circulação da água usada nas caldeiras. Da Sala da Água, passando pela Sala dos Condensadores, Geradores e do Comando, destaca-se a Sala do Experimentar, onde estão dispositivos que os visitantes podem manipular para compreender melhor os princípios da eletricidade. Mas muito mais há a ver neste Museu que nos guia pelo passado recente da história de Lisboa  mas que também se quer um espaço experimental, interativo, de cultura, com exposições de arte contemporânea e atividades complementares. Bem-vindo à antiga Central Tejo. A tua viagem começa aqui, com a Marta e o Duarte.

Ligações úteis: o Museu da Electricidade

 

Ficha Técnica

  • Título: Big Bang - Isto é Ciência
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Produção: Academia RTP
  • Ano: 2011

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui