Linha da Frente
A Luta Continua
Ensino:

Ativistas, associações académicas e grupos de ação mobilizam os jovens portugueses através de formas de luta que revelam o poder da rua. Os mais novos levantam a voz por novas causas, votam pouco, desconfiam dos partidos políticos, mas estão na linha da frente para mudar o mundo.

Novas causas marcam a diferença de interesse dos jovens portugueses que voltam costas à política tradicional. A crise climática, o racismo, o assédio. Temas globais importam-lhes muito mais do que as temáticas habituais, tratadas dentro de gabinetes pelos políticos do país.

Ativos, inconformados, muitos acreditam mais no poder das ruas, do que no das eleições. Votam pouco em relação à média europeia, desconfiam dos partidos políticos, mas são os primeiros a erguerem-se para mudar o mundo. Usam a internet como uma arma e através do telemóvel passam palavra, fazem petições, cartas abertas, boicotes e convocam manifestações.

Ativismos nas redes e espaço público global
Explicador

Ativismos nas redes e espaço público global

Escolas e universidades foram sempre, por excelência, ninhos para a fermentação de ideias e de diálogo. Também para a contestação. Em Portugal, ficou para a história a crise académica de 1969 que, partir de Coimbra, se entendeu pelo país em tempos de ditatura. Nos anos 90, foram as propinas o mote para o levantamento dos estudantes. Surgiram desses protestos alguns dos políticos dos nossos dias.

Hoje, as associações académicas distanciam-se mais das juventudes partidárias que se encontram em declínio. Criar uma barreira face aos partidos é, aliás, para muitos dos novos ativistas, ponto de honra. Os jovens portugueses do século XXI, não só não se revêm nas atuais estruturas de representação política, como não se espelham na política profissionalizada. Temas globais e uma ação direta é o que os move.

Que futuro para a democracia?
Veja Também

Que futuro para a democracia?

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Linha Da Frente - A Luta Continua, temporada 14 / episódio 20
  • Tipologia: Reportagem
  • Autoria: Marta Jorge / Paulo Lourenço / André Miguel / Pedro Pessoa
  • Produção: RTP
  • Ano: 2022