Pesquisar

A produção de microalgas em Porto Santo

As microalgas são organismos, normalmente unicelulares e a viver em meio aquoso, capazes de fazer fotossíntese e produzir grandes quantidades de biomassa. A produção controlada destes seres pode gerar importantes recursos alimentares e energéticos, para além de gerar oxigénio e fixar dióxido de carbono.

Na ilha de Porto Santo, na Madeira, existe uma unidade de produção de microalgas que fornece a indústria farmacêutica, alimentar e cosmética, assumindo ainda um importante papel ambiental, pois é um importante produtor de oxigénio. Quando a empresa começou a laborar, em 2010, pretendia responder às necessidades de produção de biocombustível mas, com o tempo, o produto começou a ser procurado e valorizado por outras indústrias.

A produção é feita em grandes tubos transparentes de modo a que consigam receber a luz do sol e assegurar a multiplicação. O seu impacto no ambiente também é importante, pois basta ter em conta que 60 toneladas de microalgas produzem 60 toneladas de oxigénio e fixam 100 toneladas de dióxido de carbono.

Ficha Técnica

  • Título: Microalgas em Porto Santo
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: João Ricardo de Vasconcelos
  • Produção: RTP
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui