Pesquisar
Conteúdo cedido por Escola Mágica

A União Ibérica após a crise dinástica de 1580

Com o país numa grave crise financeira, o desaparecimento dos monarcas D. Sebastião e Cardeal D. Henrique, o rei Filipe II de Espanha resolveu a disputa pelo trono, na qual era um dos interessados, invadindo o país para se fazer aclamar nas cortes de Tomar. Nascia a União Ibérica ou a União Dinástica que se prolongou até 1640, período em que vivemos sob uma monarquia dualista, ou seja, um rei governava dois países que mantinham costumes, moeda, leis e liberdades próprias.

Conteúdo fornecido pela Escola Mágica, ao abrigo de uma parceria com o Ensina. Destina-se a alunos do 8.º ano do 3º ciclo de ensino.

Ficha Técnica

  • Título: O império português e a concorrência internacional: a União Ibérica
  • Produção: Escola Mágica

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui