Pesquisar

Das lagartixas da infância à investigação dos répteis

O desaparecimento das lagartixas durante um período do ano despertou-lhe ainda na infância a curiosidade pela biodiversidade e em particular por répteis. Desde então, a curiosidade nunca mais abandonou José Carlos Brito, e a ciência apareceu.

Na Faculdade de Ciências do Porto, José Carlos Brito dedica-se à investigação em ciências biológicas, centrando-se na biodiversidade, com maior incidência em répteis. O objectivo passa por dotar países em desenvolvimento, como é o caso da Mauritânia, de instrumentos com os quais possam fazer um planeamento adequado da preservação da biodiversidade.

Já foi bolseiro da National Geographic Society e nas 25 missões feitas em África, acumulou 166 000 km em 714 dias de trabalho. O terreno é o seu laboratório e o GPS é o  instrumento de eleição. Para José Carlos Brito, com toda a informação existente e disponibilizada até hoje, o grande desafio passa pela compatibilização da nossa forma de estar neste planeta em conjunto com um leque muitíssimo alargado de outras espécies.

  • Temas: Ciência
  • Ensino: 1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

  • Título: 5 Minutos Com Ciência
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Museu da Ciência da Universidade de Coimbra e RTP
  • Produção: Panavídeo
  • Ano: 2013

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui