Estela: os imigrantes são perigosos
Ensino:

Estela escolheu a Áustria como segundo país. Por amor, mudou-se para Salzburgo com dois cursos e três línguas na bagagem. Aos 24 anos, levou também abertura de espírito e zero hesitações. Embora a xenofobia não fosse assunto desconhecido, inesperado foi senti-la na pele.

É uma história com momentos recheados de preconceitos que Estela nunca pensou viver na primeira pessoa. Nova e destemida, partiu para o centro da Europa onde achou que estaria como em casa. Errado. Ali percebeu o que era ser ser carimbada como alguém que não se quer por perto por ser estrangeira. Sentia-o nas perguntas que lhe faziam. Nos olhares. Na procura de casa que não encontrava. Na violência de que foi alvo e da qual a polícia não a defendeu.

Estela não tem uma cor de pele diferente da maioria dos austríacos, nem uma religião contestada no país, nem é uma trabalhadora com poucas qualificações. Estela foi, na Áustria dos passados anos 90, apenas uma pessoa que vinha de fora. Isso era suficiente para provocar desconfiança e medo. Tal como muitos imigrantes sentem em pleno século XXI, em vários pontos do mundo, incluindo na Europa comunitária.

O medo daquele que é diferente está de volta. O preconceito regressou em força com os fluxos migratórios de quem chega de África e do Oriente. Radicalizam-se políticas e populações. Isto é xenofobia, a que muitas vezes se junta o racismo.

#SÓQNÃO dá voz aos que sofrem de preconceito. Qualquer que seja: racial, religioso, sexual, físico, mas também profissional, alimentar, moral ou espiritual. Cada protagonista coloca-nos perante o que tem de ultrapassar no dia-a-dia e, assim, cada um vai representar um rótulo, por norma associado a uma ideia socialmente pré-concebida.

Temas

Ficha Técnica

  • Título: #SÓQNÃO - temporada 1, episódio 9
  • Tipologia: Programa
  • Autoria: Joana Martins
  • Produção: RTP
  • Ano: 2019