Pesquisar

O despertar dos sentidos

"Limites Invísiveis" é a ideia que serve de base a programas educativos de contacto com a natureza. Dos três aos dez anos, as crianças podem, na Mata Nacional do Choupal, em Coimbra, aprender, brincando. Aprender a reconhecer formas, texturas e cheiros e ao mesmo tempo adoptar um estilo de vida mais saudável com respeito pela sustentabilidade do ambiente.

Por força dos estilos de vida contemporâneos, as crianças têm cada vez menos contacto com ambientes naturais. Muitos professores e psicólogos consideram que os intensivos programas curriculares e a falta de apostas em relação às potencialidades pedagógicas dos espaços exteriores das escolas em nada ajudam a uma conceção abrangente do ensino e da aprendizagem.

A “Casa da Mata” apresenta-se como a “outra escola” para as crianças do pré-escolar ou das escolas do primeiro ciclo do ensino básico, numa parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian. Ali retiram-se os limites entre o corpo humano e os elementos naturais que a floresta oferece.

Fardados de acordo com o que prevê a meteorologia, é na Mata do Choupal, dentro da cidade de Coimbra, que podem ter experiências que contribuem para o desenvolvimento de competências de aprendizagem e para o sucesso académico. Conhecem ainda formas de vida mais saudáveis e ambientalmente sustentáveis.

É adotada uma abordagem pedagógica centrada no aluno que, apoiado na sua capacidade de iniciativa e exploração autónoma, possibilita a construção de competências e conhecimentos, não apenas cognitivos, mas também fisíco-motores e socio-emocionais.

Ficha Técnica

  • Título: Biosfera - episódio 38, temporada 17
  • Tipo: Extrato de Programa
  • Autoria: Sílvia Camarinha / Rute Marinho / Tiago Faria / Filipa Barbosa
  • Produção: Farol de Ideias
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui