Pesquisar

Os postais da guerra do tio Júlio para a tia Clotilde

Há cem anos, um alferes chegava a França deixando em Portugal a promessa de escrever à namorada todos os dias. Seguiram-se dezenas e dezenas de postais que, ao longo da guerra, o alferes Júlio Serra Pereira escreveu a Clotilde Larcher Marçal.

A correspondência trocada, muita de cariz amoroso, revela pontualmente arrufos, ciúmes, descrença, mas estas missivas são sobretudo uma forma de ultrapassar o pessimismo, de se manter ligado a um mundo são, um gesto de esperança num futuro que deverá surgir após o termo do conflito.

Cem anos depois a sobrinha-neta Manuela Larcher ofereceu ao Museu da GNR este álbum de postais, entre outros objectos. Neste programa vamos rever alguns deles e recordar esta história de amor à distância que teve um final feliz: o alferes Serras Pereira sobreviveu à guerra e casou com Clotilde.

Ficha Técnica

  • Título: Postal da Grande Guerra - Os postais do tio Júlio
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Silvia Alves
  • Produção: RTP
  • Ano: 2018

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui