As personagens de “Amor de Perdição”
Ensino:

Simão, Teresa e Mariana são personagens trágicas da novela considerada a obra-prima de Camilo Castelo Branco. Na idade da adolescência descobrem o primeiro amor, puro, profundo e intenso, que pressentem definitivo nas suas vidas. O enredo leva-os à morte.

A novela mais romântica do romantismo português tem amor, ódio, vingança e tragédia num enredo que mistura ficção com realidade. Camilo Castelo Branco está preso por adultério quando escreve o romance, em 1861, na cadeia da Relação do Porto. Inspirado num episódio da vida do seu tio-avô, de seu nome Simão Botelho, também ele detido por amor na mesma prisão, decide escrever uma história passional e trágica, ditada pelos códigos de honra de duas famílias inimigas.

Memórias de Camilo na cadeia da Relação do Porto
Veja Também

Memórias de Camilo na cadeia da Relação do Porto

Simão Botelho tem quinze anos quando se apaixona por Teresa Albuquerque, fidalga de Viseu prometida a Baltasar Coutinho, seu primo, que na cegueira do ciúme tudo faz para os afastar. O amor dos jovens não comove o coração dos pais, famílias unidas no mesmo ódio. Quando a menina é fechada no Convento de Monchique, Simão, desesperado, mata a tiro Baltasar e entrega-se à justiça. Condenado ao degredo em Goa, ainda a vê ao longe a dizer-lhe adeus, mas em poucos dias recebe a notícia da morte da amada e deixa-se também morrer. O seu cadáver será abraçado no mar pela terceira personagem desta história, a bondosa Mariana, mensageira das cartas de amor de Simão e Teresa, que sofre em silêncio a paixão impossível que tem pelo rapaz e, por ele, põe fim à vida.

Sobre estas personagens trágicas da obra de Camilo Castelo Branco, muitas vezes considerada a versão portuguesa de “Romeu e Julieta” de William Shakespeare, debruça-se agora o excerto do documentário “Grandes Livros”.

 

Personagem é substantivo masculino ou feminino?
Veja Também

Personagem é substantivo masculino ou feminino?

 

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros - "Amor de Perdição" de Camilo Castelo Branco
  • Tipologia: Extrato de Documentário
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2009