Refugiados da Bósnia em Portugal
Ensino:

Portugal recebeu várias centenas de refugiados bósnios quando, entre 1992 e 1995, a Europa assistiu a uma guerra civil no território da antiga Jugoslávia. Um país que se tinha desagregado em vários estados após a queda do regime comunista, que governara a nação nas décadas anteriores. Nesta reportagem alargada, conheça as histórias de alguns desses refugiados.

Ao longo da reportagem, ficamos a conhecer dois casais bósnios a viver em Portugal e também um casal formado por um militar português – que foi destacado para a força de paz da ONU naquele território – e uma refugiada bósnia que lá conheceu.

A experiência dos refugiados bósnios em Portugal
Veja Também

A experiência dos refugiados bósnios em Portugal

A guerra, a ansiedade, os mortos, os combates e a fuga para Portugal são momentos descritos por quase todos os que, neste trabalho, prestam testemunho. Ficamos também a conhecer a surpresa de muitos com a forma como rapidamente se propagaram ódios entre vizinhos que durante anos tinham vivido lado a lado.

Nesta reportagem pode acompanhar as declarações do casal Azra e Alen Haman, refugiados bósnios;  Sanja e Vanja Borisoglebski, refugiados  bósnios; Manuel Esperança, militar português, e a esposa Azra, refugiada Bósnia.

Migrantes e refugiados
Veja Também

Migrantes e refugiados

Conflitos étnicos e religiosos nas regiões periféricas
Veja Também

Conflitos étnicos e religiosos nas regiões periféricas

 

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Portugalmente: Refugiados Bósnios em Portugal
  • Tipologia: Reportagem
  • Produção: RTP
  • Ano: 1998