Pesquisar

Aveiro e Funchal: as cidades da cerâmica e do açúcar

Uma observação atenta a monumentos, casas, calçadas e muros antigos de Aveiro permitiram a identificação de materiais cerâmicos de natureza vulcânica nesta cidade continental. Ora não há, perto de Aveiro, qualquer vulcão. Que mistério é este?

Um grupo de investigação da Universidade de Aveiro identificou materiais geológicos de origem vulcânica usados enquanto cerâmica na construção da cidade. Estes materiais não pertencem à geologia existente na região e tiveram de ser transportados de algum local para Aveiro.

A coincidência no uso de cacos cerâmicos de geometria cónica como material de construção encontrados nos núcleos históricos das cidades do Machico, Funchal e Aveiro, indicaram um caminho.

É o cruzamento da investigação científica com a história da argila em Aveiro, as suas olarias e a produção açucareira na Madeira que vai permitir o desvendar deste aparente mistério e entroncar ainda na histórica doçaria conventual dos conhecidos “Ovos Moles”. Da cana do açúcar da Madeira, à construção continental e à gastronomia com forte componente de açúcar, a história é aqui revelada em todos os seus pormenores.

Ficha Técnica

  • Título: Pedras Que Falam
  • Tipo: Programa
  • Produção: RTP Madeira

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.