Pesquisar

O Livro de Cesário Verde

Poeta do concreto, das quadras simples, Cesário Verde é um dos precursores do modernismo em Portugal. No seu tempo foi ostensivamente ignorado. O reconhecimento, a admiração, vieram muito depois da morte, aos 31 anos de idade.

Poeta do século XIX, Cesário Verde nasceu na rua dos Fanqueiros, em Lisboa, a 25 de fevereiro de 1855. Sabemos que frequentou o curso de Letras, que um incêndio na casa de campo da família destruiu muito do que escrevera, que foi um comerciante, homem da pequena burguesia e republicano convicto. Sabemos pouco para traçar uma biografia exaustiva do senhor Verde mas, lendo com atenção o seu único livro, ficamos a saber que inventou uma nova poesia.

A aventura literária de Cesário Verde começa no “Diário de Notícias”. Os versos são publicados e mal recebidos pelos seus contemporâneos e críticos literários. Ninguém estava preparado para aquela poesia, tão diferente da que se fazia na altura, da corrente melodramática e romântica que a todos agradava.

Cesário transgride na forma e no conteúdo. Prefere quadras a sonetos. Escolhe temas não poéticos, coisas prosaicas  do quotidiano, que descreve sem sentimentalismos, recorrendo a palavras vulgares em vez de pesados vocábulos e frases de sentidos difíceis. Lisboa é a personagem principal dos seus poemas. O poeta observa atentamente o que se passa, filtra e capta a cidade nos seus múltiplos ângulos e  descreve o que vê em concisos instantâneos impressionistas.

“O Sentimento de um Ocidental”, “Nós”, “Num bairro moderno” fazem parte da sua única obra póstuma: “O Livro de Cesário Verde”, uma coletânea dos seus poemas editada depois da sua morte, em 1886. A genialidade destes 37 poemas é reconhecida quarenta anos depois por Fernando Pessoa que chama “mestre” a Cesário Verde.

 

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros - O Livro de Cesário Verde
  • Tipo: Documentário
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2010

Testa o teu conhecimento

“Sobre que comparação escrevia Cesário Verde?”

  • Pobres e Ricos
  • Cidade e Campo
  • Vida e Morte
  • Amor e Ódio

“Qual era a figura principal dos seus poemas?”

  • Lisboa
  • O seu amor
  • A sociedade
  • Política

“Cesário Verde foi um poeta que sempre se sentia...?”

  • Feliz
  • Reconhecido
  • Incompreendido
  • Amado

“Qual dos seguintes poemas pertence a Cesário Verde?”

  • "Portugal"
  • "Num Bairro Moderno"
  • "Nocturno"
  • "Insónia"

“Que outro literário foi o grande amigo de Cesário Verde?”

  • António Silva Pinto
  • Antero de Quental
  • Alexandre O'Neill
  • Almeida Garrett

Resultado do teu conhecimento

  • És
Tenta melhorar as tuas respostas.
Repetir Quiz

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.