Pesquisar

O refugiado que tem no boxe um escape

Farid Walizadeh é um jovem refugiado afegão que vive em Portugal desde 2007. Saiu de casa ainda criança e há anos que o contacto com a família é feito de modo pontual e só através do telefone. O boxe, modalidade que pratica com regularidade, é o escape para as suas memórias de dor e sofrimento.

Com nove anos de idade conseguiu fugir com a ajuda de um tio e foi um programa de apoio aos refugiados que o trouxe para Portugal, mas Farid percorreu um longo caminho desde a sua aldeia no norte do Afeganistão até ao nosso país.

Só na Turquia esteve seis anos à espera para continuar o caminho para a Europa. Viu gente de todas as idades morrer pelo caminho ao longo dos mais de seis mil quilómetros que percorreu, quase sempre, a pé.

Nesta reportagem pode ouvir as declarações de Farid Walizadeh, e de Paulo Seco, treinador de boxe.

Ficha Técnica

  • Título: A viagem
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Inês Subtil
  • Produção: RTP
  • Ano: 2015

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui