Pesquisar

A sátira de Eça de Queirós em "Os Maias"

Retrato crítico da sociedade portuguesa da época, "Os Maias" é uma das obras mais trabalhadas nas escolas. Eça de Queirós mostra-nos um mundo cheio de tiques e comportamentos que, em parte, ainda reconhecemos nos dias de hoje.

Eça de Queirós trabalhou neste romance durante cerca de oito anos, muito mais do que em qualquer outra das suas obras. Mas o certo é que a publicação de “Os Maias” começou por ser um insucesso, os portugueses não gostaram do retrato do país que ali era feito, da permanente caricatura dos ambientes sociais, intelectuais e políticos, temperada com um humor satírico.

Neste excerto da série “Grandes Livros”, dirigimos a nossa atenção para uma das obras que melhor explicam o século XIX português com a análise de Carlos Reis; especialista em estudos queirosianos, António Costa Pinto; cientista social, Maria Filomena Mónica; biógrafa de Eça de Queirós e Isabel Pires de Lima, também especialista na obra do escritor.

 

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros - Os Maias
  • Tipo: Extrato de documentário
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2009

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Consulte a nossa Política de Privacidade.