“Bichos”: a arca de Noé de Miguel Torga
Ensino:

Neste primeiro livro de contos de Miguel Torga, as personagens pertencem ao mundo animal e ao mundo humano. Bichos e homens revelam-se iguais nos dilemas, na luta pela sobrevivência e liberdade. No imaginário destas histórias, encontramos o fio da realidade.

Na pequena arca de Noé de Miguel Torga, “há homens que são autênticos bichos, que pensam e agem como bichos, e há bichos que são seres pensantes, com sensibilidade, com alma”, sintetiza o escritor António Arnaut. Nestes contos encontramos a filosofia e a ética do autor, a sua relação difícil com Deus, o mundo agro-pastoril das terras transmontanas, região onde nasceu. Sobre a obra publicada em 1940 dirá Torga mais tarde que ficou “contente por ter construído uma barcaça onde a nossa condição se encontra”.

O cão Nero, o gato Mago, o galináceo Tenório, o senhor Ramiro, o menino Jesus e o corvo Vicente, são algumas personagens das catorze histórias de “Bichos”, apresentadas neste excerto do documentário “Grandes Livros”.

“Bichos”, de Miguel Torga
Veja Também

“Bichos”, de Miguel Torga

O Meu Livro – “Aventuras de João sem Medo”, de José Gomes Ferreira
Veja Também

O Meu Livro – “Aventuras de João sem Medo”, de José Gomes Ferreira

O Meu Livro- “A Quinta dos Animais”, de George Orwell
Veja Também

O Meu Livro- “A Quinta dos Animais”, de George Orwell

 

 

 

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros - "Bichos", de Miguel Torga
  • Tipologia: Extrato de Documentário
  • Produção: Companhia de Ideias
  • Ano: 2010