Pesquisar

Fuga das prisões políticas do Estado Novo

Durante a ditadura militar e Estado Novo passaram pelas prisões portuguesas, por razões políticas, mais de 30 mil pessoas. Para muitos fugir era a única possibilidade de escapar ao regime. Histórias que Fernando Rosas recuperou neste História a História.

Entre 1926 e 1974 milhares de pessoas foram presas por razões políticas e, muitas delas, nunca tiveram direito a julgamento ou foram indiciados por qualquer crime específico.

Para muitas destes homens e mulheres, condenados a intermináveis períodos de prisão, tentar fugir era a única forma de reconquistar a liberdade e retomar a luta no exterior.

Fernando Rosas vai lembrar algumas destas fugas, entre elas, a de Pavel da prisão do Aljube, a de Álvaro Cunhal de Peniche ou a de Hermínio da Palma Inácio da sede da PIDE no Porto.

Conheça também a espetacular fuga de um grupo de presos de Caxias que utilizaram, para esse efeito, o carro blindado de António Oliveira Salazar.

Ficha Técnica

  • Título: História a história - Fuga das Prisões Políticas do Estado Novo
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Fernando Rosas
  • Produção: RTP/ Garden Films
  • Ano: 2014

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui