Joana: gorda e preguiçosa
Ensino:

Aparentemente, Joana é dessas pessoas que estão sempre bem dispostas. Inequivocamente, Joana é inteligente. Mas preguiçosa e comilona. São estas as características que sempre lhe viu serem aplicadas e que relaciona com aquilo que é: gorda.

Personifica o estereótipo da mulher volumosa, sempre associada a uma boa gargalhada. Uma forma de combater o que é menos aceite pelos outros – o corpo que foge aos ditames que a sociedade impõe. É inteligente, porque, como é gorda, não tem vida social, logo dedica-se ao estudo porque é o que lhe resta para ter um espaço de reconhecimento. E lembra, neste testemunho, ter outra vantagem, que também se diz dos gordos: não se lhes nota tanto o passar dos anos.

Joana vive bem com estas ideias pré-concebidas que sempre a acompanharam. Em miúda, ajudou ter uma mãe costureira para resolver o problema da roupa que nunca existia no tamanho necessário. Mais tarde percebeu quão irreais são as regras da moda. Está também habituada a que a julguem com vida de sofá à base de junk food. Errado! Além de super ativa, Joana tem muito cuidado com a comida devido a problemas no sistema endócrino. Lá está: as aparências iludem. Ou será que desiludem?

#SÓQNÃO dá voz aos que sofrem de preconceito. Qualquer que seja: racial, religioso, sexual, físico, mas também profissional, alimentar, moral ou espiritual. Cada protagonista coloca-nos perante o que tem de ultrapassar no dia-a-dia e, assim, cada um vai representar um rótulo, por norma associado a uma ideia socialmente pré-concebida.

Rafael: tatuado e bandido
Veja Também

Rafael: tatuado e bandido

Temas

Ficha Técnica

  • Título: #SÓQNÃO - temporada 1, episódio 2
  • Tipologia: Programa
  • Autoria: Joana Martins
  • Produção: RTP
  • Ano: 2019