Pesquisar

O que a floresta nos dá

Representa mais de um terço do território português e emprega cerca de 80 mil pessoas. A floresta nacional é sobretudo composta por sobreiros, eucaliptos e pinheiros. Do ponto de vista económico, os grandes frutos que nos dá são a cortiça e o papel.

Dados avançados pela presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia mostram-nos uma floresta pouco diversa, mas com um impacto considerável na economia do país. Sobretudo feita de pequenos terrenos, distibuidos por muitos proprietários, totalizam quase 40% do território. Números de 2017 apontam para um valor acrescentado de 1,14% do PIB (Produto Interno Bruto).

Helena Pereira destaca as potencialidades deste setor. A cortiça surge no topo dos valores. Os sobreiros colocam Portugal no lugar cimeiro da produção silvícola e industrial da cortiça. O país possui a maior área de sobro do mundo. O papel, que tem como matéria-prima o eucalipto, é a outra grande mais valia da floresta nacional. É de elevada qualidade e serve sobretudo as exportações como papel para escrita.

Ficha Técnica

  • Título: Faça Chuva ou Faça Sol - temporada 2, episódio 21
  • Tipo: Entrevista
  • Produção: RTP
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui