Pesquisar

Outra Escola: aprender em casa

O Ministério da Educação define que o responsável educativo no ensino doméstico é "o familiar do aluno ou a pessoa que com ele habita e que junto do aluno desenvolve o currículo ". Os dados mostram que há cada vez mais famílias a optarem por esta solução, validada pelas habilitações dos educadores (licenciatura) e por exames escolares no final de cada ciclo. A família Fox Val escolheu colocar os seus dois filhos no ensino doméstico, desfazendo mitos e preconceitos sobre esta alternativa à escola convencional.

No quintal da casa, enquanto se plantam alhos, aprende-se matemática, com o pai. Na sala, com a mãe, a filha, com idade pré-escolar e o filho, no primeiro ciclo, aprendem inglês. Para fora de casa ficam outras atividades que exigem mais especialidade: música, no caso. E as visitas de estudo, por exemplo ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, são feitas algumas vezes com outras famílias que optaram pelo mesmo método de ensino.

Os pais tomaram esta opção lembrando o seu próprio exemplo em relação à escola: muito tempo de aulas expositivas e pouca atenção à criatividade de cada um. Consideram também importante as crianças aprenderem ao seu próprio ritmo, tornando-as assim mais felizes e motivadas. Os valores humanos assumem primazia sobre o relógio, o que de todo não significa a ausência de regras e responsabilidade.

No ensino doméstico há espaço para os manuais, cadernos e lápis, mas há sobretudo liberdade para a auto-proposição por parte do aluno. O ensino é encaminhado no sentido da criança decidir em conjunto com os educadores e não pelo que é imposto. A investigação assume um papel fundamental neste método e quem o assume, enfrentando ainda algum estigma social, diz que os filhos “crescem livres, mas responsáveis pelo seu próprio percurso”.

Esta forma alternativa de ensinar baseia-se nas técnicas da Escola Moderna, inserida em Portugal através da Escola da Ponte, pelo pedagogo José Pacheco, reconhecida mundialmente pelo seu projecto inovador. O lema desta escola é “tentar fazer crianças felizes” e tem por base a autonomia de alunos e professores. Não segue o sistema de ciclos. A escola não tem paredes internas e os alunos não são separados por idades, agrupam-se antes por áreas de interesse.

Ficha Técnica

  • Título: Outra Escola - episódio 4
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Filipa Reis / João Miller Guerra / Maria Gil
  • Produção: Vende-se Filmes
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui