Pesquisar

Outra escola, diferentes entre iguais

Ser e fazer diferente parece revelar-se o grande desafio da escola pública portuguesa. A multiculturalidade da sociedade refletida nas salas de aula faz notar ainda mais a necessidade de uma renovação de métodos e relações entre alunos e professores e na própria instituição. Assumiram-se padrões que se revelam caducos e já não entroncam nos conceitos de quem todos os dias vai para a escola.

A questão que se coloca é sobre o que pode correr bem e o que pode correr mal num sistema educativo que se quer o mais abrangente possível, sem deixar ninguém de fora. Mas a escola é o reflexo da sociedade e ela é tudo menos igual. Não há como tratar todos da mesma forma se as necessidades são diferentes.

A escola pública é um lugar onde vive e habita a diversidade total e a turma de artes do décimo ano da Escola Secundária de Camões, em Lisboa, é reflexo dessa heterogeneidade e complexidade. Que implicações trazem ambientes multiculturais? Como aprendemos com a diferença? Que mecânicas de solidariedade entre alunos e entre alunos e professores são ativadas nestes contextos?

Tudo aponta para uma cada vez mais necessária renovação, já que quer alunos, quer docentes aparentam uma espécie de cansaço do sistema. Uma padronização do ensino que despersonaliza quer uns, quer outros, e parece provocar sobretudo desinteresse pela escola.

Ficha Técnica

  • Título: Outra Escola - episódio 6
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Filipa Reis / João Miller Guerra / Maria Gil
  • Produção: Vende-se Filmes
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui