“São Paulo”, de Teixeira de Pascoaes
Ensino:

Teixeira de Pascoaes deixou uma vasta obra literária, na qual encontramos várias biografias romanceadas. É o caso da biografia de São Paulo, uma descrição do percurso místico do apóstolo que conheceu grande sucesso internacional.

Nascido em Amarante em 1877, oriundo de uma família abastada, Teixeira de Pascoaes dedicou-se inteiramente à escrita e à vida cultural após uma carreira judicial que pouco o motivava e que não durou sequer uma década. Esta mudança ocorreu num período de grandes alterações políticas em Portugal, com o fim da monarquia e a revolução de 1910, data em que autor viria a lançar a revista Águia, publicação que suportava os ideais do movimento Renascença Portuguesa.

Pretendia este movimento dar um enquadramento cultural à revolução republicana, com uma tónica especial nas ideias nacionalistas, como fator potenciador da mudança. Estas ideias viriam a resultar numa teoria do saudosismo, cujo mentor foi o próprio Teixeira de Pascoaes, que entendia ser esta característica – a saudade – o principal traço da alma portuguesa.

A natureza poética de Teixeira de Pascoaes
Veja Também

A natureza poética de Teixeira de Pascoaes

Para além de inúmeras obras de poesia, o autor romanceou biografias de várias personalidades históricas, como Camilo Castelo Branco, Napoleão, Santo Agostinho, São Jerónimo e o místico apóstolo São Paulo, contada com pormenor neste episódio da série Grandes Livros.

 

A sátira de Eça de Queirós em “Os Maias”
Veja Também

A sátira de Eça de Queirós em “Os Maias”

Guerra Junqueiro: 4 minutos para conhecer o poeta da República
Veja Também

Guerra Junqueiro: 4 minutos para conhecer o poeta da República

 

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Grandes Livros
  • Tipologia: Documentário
  • Produção: Companhia das Ideias
  • Ano: 2009