Pesquisar

Casa Museu de Eça de Queirós

Esta casa é também um livro. Realidade e ficção misturam-se na Quinta da Vila Nova, perdão, na Casa de Tormes como está imortalizada em "A Cidade e as Serras". A história de Jacinto, um dandy de Paris, que como Eça, se deixa maravilhar pela vida do campo.

Quando a viu pela primeira vez em 1892, achou-a feia. Depois, rendido aos encantos do granito e das paisagens do Douro, escreveu um romance. A Quinta da Vila Nova fez-se ficção em “A Cidade e as Serras” e passou a ser  a Casa de Tormes, topónimo inventado por Eça de Queirós que ficou até hoje.

Aqui está o valioso espólio de um dos maiores escritores portugueses. A secretária onde escrevia de pé, a mesa do arroz de favas, o emblemático monóculo e outros objetos pessoais, os sofás de Paris, milhares de livros e muitos quadros oferecidos pelo rei D. Carlos.Visitemos a casa onde estão guardados episódios de uma vida e de um romance.

 

Ficha Técnica

  • Título: Ler+ ler melhor - Fundação Eça de Queirós
  • Tipo: Extrato de Magazine Cultural
  • Produção: Filbox produções
  • Ano: 2012

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui