Na Casa da Liberdade de Mário Cesariny
Ensino:

Esta é a casa que tem o nome do poeta e pintor, militante da liberdade e do surrealismo. Mário Cesariny nunca aqui viveu, mas é neste espaço que o seu espírito inquieto permanece. Esta é a casa que nasceu de um sonho e se fez homenagem numa rua de Alfama.

A ideia surgiu e Mário Cesariny viveu-a como um sonho, um dos últimos sonhos do pintor e poeta que fez da matéria onírica a base de toda a sua produção artística. Criar um espaço vivo, em torno da sua figura, das suas obras, que transmitisse o seu amor pelas causas da liberdade e do surrealismo, movimento que ajudou a fundar em Portugal, em 1947. Era esse o propósito que se cumpriu sete anos depois da sua morte, em 2006, aos 83 anos.

“You are welcome to Elsinore”, de Mário Cesariny
Veja Também

“You are welcome to Elsinore”, de Mário Cesariny

Ficara decidido que a casa que iria nascer no número 13 da rua das Escolas Gerais, em Alfama. Chamar-se-ia a Casa da Liberdade, o nome que melhor lhe assentava e que ainda foi escolhido pelo poeta, pouco tempo depois de ter recebido a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, a única distinção que alguma vez se permitiu aceitar.

Com um espólio de milhares de peças e documentos, ali se encontram trabalhos icónicos de Cesariny e de um conjunto de outros artistas, nomes importantes do surrealismo português, como Cruzeiro Seixas, Carlos Calvet, Luiz Pacheco, Fernando Lemos, Isabel Meyrelles. Mais do que um museu, o espaço é dedicado “ao pensamento, às artes cénicas, à declamação, tertúlias e palestras”, como sublinha na peça Carlos Cabral Nunes, curador e amigo de Mário Cesariny, autor da ideia original. É ele quem nos guia numa curta visita à Casa da Liberdade, a única homenagem a gosto do pintor que queria ser livre no seu país.

Mário Cesariny “é o paradigma da maneira surrealista de ser e de viver”
Veja Também

Mário Cesariny “é o paradigma da maneira surrealista de ser e de viver”

 

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Ler+ ler melhor - A Casa da Liberdade de Mário Cesariny
  • Tipologia: Extrato de Magazine Cultural
  • Produção: Filbox produções
  • Ano: 2013