Gerir a escassez de água
Ensino:

Os especialistas alertam para a importância das águas residuais tratadas, tendo em conta o agravamento da seca que afeta Portugal. E apontam soluções que devem abranger a reutilização de águas residuais urbanas e industriais, a dessalinização da água do mar, o combate do desperdício e da "ilusão de abundância" de água.

Em Portugal, a tendência das últimas décadas tem sido de seca, razão porque se torna cada vez mais necessário optar pelo reaproveitamento das águas utilizadas diariamente nas nossas casas, e que depois são simplesmente despejadas nos sistemas de esgotos, tratadas e  posteriormente descarregadas no mar ou nos rios.

A reutilização dos caudais das águas residuais tratadas em Portugal deve ser uma das formas de combater a escassez de água, segundo os especialistas. Em 2020, Portugal apenas aproveitou um por cento de toda a água que tratou nas Estações de Águas Residuais, enquanto, por exemplo, em Espanha, esse valor chegou aos 20 por cento.

Esta água tratada poderia ser utilizada nas regas de espaço públicos, no arrefecimento de estruturas industriais ou na limpeza de ruas, assinalando uma poupança importante em água da rede.

Outra possibilidade para aumentar os caudais de água para consumo passa pela dessalinização da água do mar.

Como reutilizar a água
Veja Também

Como reutilizar a água

Nesta reportagem pode ouvir declarações de Joaquim Poças Martins, especialista em gestão de água e diretor da Secção de Hidráulica e Recursos Hídricos e Ambiente da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

Temas

Ficha Técnica

  • Título: Reaproveitamento das águas residuais tratadas em Portugal
  • Tipologia: Reportagem
  • Autoria: Daniela Santigo/ Hélder Marques de Sousa
  • Produção: RTP
  • Ano: 2022