Pesquisar

Outra Escola: quando os tablets vão às aulas

Os métodos usados nos colégios do Park International School usam a tecnologia como ferramenta essencial de aprendizagem em sala de aula. Através dos projetos, que cruzam conteúdos de várias disciplinas, o potencial criativo dos alunos é estimulado. Uma pedagogia interativa, que foca a a educação no ser social que é a criança, incutindo, além do conhecimento académico, competências de comunicação, autonomia e responsabilidade.

Consideram os professores desta rede de colégios que a escola que importa é a que está dentro de cada aluno. Daí a aposta em ir ao encontro do que as crianças gostam. Garantem que mantê-las satisfeitas é meio caminho andado para as levar a aprender novas coisas. Claramente o sucesso, neste caso de uma turma do 4º. ano do Colégio do Restelo, em Lisboa, está ligado à felicidade.

Outra característica da pedagogia adoptada é a competência bilingue, já que, a par do português, o inglês é língua global em qualquer área de trabalho. Neste colégio querem preparar-se crianças curiosas, solidárias, autónomas, capazes de enfrentarem os desafios de um mundo em constante mudança, com a confiança necessária para atingirem todo o seu potencial.

Nesse sentido, a par da educação e da inovação, a tecnologia assume um papel primordial. Do primeiro ao quarto anos, o tablet é ferramenta de trabalho obrigatória na sala de aula. Os projectos são escolhidos pelos alunos, o que os torna mais participativos e não espectadores passivos da informação transmitida pelo professor, e são realizados em plataforma tecnológica.

O ambiente de aprendizagem baseia-se na interdisplinaridade, mas também nas capacidades individuais, porque não há duas pessoas iguais. Assim, há um plano individual para estudo diário autónomo. Todo o restante tempo é conjunto, por forma a promover na escola um espelho da sociedade. Por exemplo, os conselhos de turma semanais onde – cara a cara – todos dizem uns aos outros o que gostaram ou não e o que querem mudar.

A pedagogia adoptada nos colégios do Park Internacional School tem em conta o perfil holístico de cada criança, pois acreditam os pedagogos que o sucesso não passa apenas pelas notas alcançadas. Um método que se estende para além dos limites do ensino tradicional, incluindo atividades que desenvolvem competências interpessoais e métodos de gestão do tempo, até mesmo com pausas meditativas.

Ficha Técnica

  • Título: Outra Escola - episódio 9
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Filipa Reis / João Miller Guerra / Maria Gil
  • Produção: Vende-se Filmes
  • Ano: 2019

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui