Explicador Explicador
O desenrolar da II Guerra Mundial
O desenrolar da II Guerra Mundial
Ensino:

Em junho de 1941, a Alemanha invadiu a União Soviética. Em dezembro do mesmo ano, o Japão atacou a base naval de Pearl Harbor, precipitando a entrada dos EUA na guerra. Dias depois, a Alemanha declarou guerra aos EUA. A entrada destas duas potências no conflito veio alterar a sua evolução, tendo sido determinante para conter a agressão dos países do Eixo e garantir a vitória dos Aliados.

A invasão da União Soviética e a entrada dos EUA na guerra

Em Agosto de 1939 a Alemanha e a União Soviética haviam assinado um Pacto de Não-Agressão, que previa a repartição da Polónia entre os dois países. Nos primeiros anos, a União Soviética teve um papel muito importante para o esforço de guerra alemão, assegurando o fornecimento de alimentos, combustíveis e matérias primas.

No final de 1940, Adolf Hitler gizou o seu plano de assalto à União Soviética. Pretendia conquistar rapidamente as cidades de Moscovo, Leninegrado e as regiões soviéticas altamente industrializadas. Era um plano megalómano e arriscado, que implicava a abertura de uma nova frente de guerra. No dia 22 de julho de 1941, cerca de 3 milhões de soldados alemães invadiram a URSS.

Os EUA tinham optado pelo isolacionismo (…). A 7 de dezembro de 1941, o Japão atacou a base naval americana de Pearl Harbor e, quatro dias mais tarde, Hitler declarou guerra aos EUA.

Estaline nunca acreditou que Hitler iria atacar, apesar de ter sido informado dessa possibilidade pelos serviços de inteligência. No entanto, um dos aspetos centrais para a ideologia nazi era a construção do seu “espaço vital”. Invadir e ocupar aqueles territórios permitiria o aceso à regiões ricas da Ucrânia, ao petróleo do Cáucaso, ao ferro e ao aço do sul da Rússia.

Sem estar preparado para um ataque desta dimensão, o exército soviético bateu em retirada. A vitória parecia certa e, no início de Outubro, o líder alemão anunciou a vitória final num discurso proferido em Berlim.

Os EUA tinham optado pelo isolacionismo, mantendo-se afastados dos assuntos europeus. A 7 de dezembro de 1941, o Japão atacou a base naval americana de Pearl Harbor e, quatro dias mais tarde, Hitler declarou guerra aos EUA. Para Hitler, aquela potência não era uma ameaça militar séria. O líder alemão acreditava mesmo que conseguiria instaurar a sua “Nova Ordem” antes que os norte-americanos conseguissem intervir.

 

A sorte da guerra muda a favor dos Aliados

Os Aliados pareciam à beira da derrota em 1942. A indústria soviética fora destruída e o exército alemão avançava pelo território. No entanto, a entrada dos EUA e da União Soviética foi determinante para que os Aliados conseguissem vencer o conflito.

Cadernos da II Guerra Mundial
Veja Também

Cadernos da II Guerra Mundial

A União Soviética conseguiu restabelecer o seu poderia militar e económico, o que foi essencial para que o exército contivesse e expulsasse os alemães. Os soviéticos conseguiram deslocalizar as suas indústrias, que o avanço alemão colocara em perigo, para lá dos Urais, longe da capacidade da aviação do inimigo. Foram à Sibéria buscar homens para as fileiras do exército, que tinha sofrido enormes baixas.

Os alemães foram derrotados em Estalinegrado e em Kursk, em 1943. A partir de então, empurraram-nos cada vez mais para Ocidente. A Frente Leste foi essencial para a derrota dos alemães. Se os soviéticos não tivessem invertido a situação, dificilmente os Aliados teriam conseguido vencer o Eixo.

Os EUA também conseguiram transformar-se numa superpotência militar em poucos meses. O país conseguiu mobilizar-se e colocar os industriais a produzir em larga escala e os cientistas a desenvolver avanços científicos que fizeram a diferença e lhes permitiram ter bombas  (incluindo a bomba atómica) e aviões de maior alcance. Sob a liderança de Roosevelt, demonstraram uma enorme capacidade para produzir armamento de uma forma rápida e eficaz.

Os esforços conjuntos dos três principais Aliados foram determinantes para a derrota do Eixo.

Síntese:

  • No dia 22 de julho de 1941, cerca de 3 milhões de soldados alemães invadiram a URSS.
  • Um dos aspetos centrais para a ideologia nazi era a construção do seu "espaço vital”.
  • A 7 de dezembro de 1941, o Japão atacou a base naval americana de Pearl Harbor.
  • A entrada dos EUA e da União Soviética foi determinante para que os Aliados conseguissem vencer o conflito.

Temas

Ficha Técnica

  • Área Pedagógica: Explicar as razões e importância da entrada da URSS e dos EUA na 2ª Guerra Mundial.
  • Tipologia: Explicador
  • Autoria: Associação dos Professores de História/ Cláudia Ninhos
  • Ano: 2021
  • Imagem: Carro de combate alemão na Rússia em 1941