Pesquisar

Aurélio Paz dos Reis, o primeiro cineasta português

Primeiro português a fazer e a mostrar filmes em Portugal, ficou também conhecido como fotógrafo e floricultor, tendo até criado um novo tipo de dália. Foi um homem de negócios, maçom e republicano que, devido às suas crenças políticas, conheceu por duas vezes a prisão.

O interesse de Aurélio da Paz dos Reis pelo cinema terá surgido depois de assistir à apresentação pública de  filmes que o inglês Edwin Rousby fez em 1896, primeiro em Lisboa e depois no Porto. No mesmo ano, numa deslocação a Paris para negócios, comprou uma máquina de filmar e em novembro realizou uma primeira sessão onde mostrou sete “quadros” filmados em Portugal, entre os quais “A Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança”, o seu primeiro filme e uma réplica da primeira película da história do cinema, rodada em França pelos irmãos Lumière.

Foi republicano, maçom e fotógrafo, com trabalho publicado na imprensa da época. A 5 de outubro de 1910 estava em Lisboa e fotografou a revolução republicana e os principais acontecimentos desse período. Pai de quatro filhos, viu três deles morrerem em 1919, dois na sequência da gripe pneumónica e outro devido a uma infeção resultante da participação na I Guerra Mundial.

Paz dos Reis era proprietário de uma loja de flores no Porto e tinha estufas onde criava algumas das plantas, mas também vendia outros produtos, entre os quais se incluía material fotográfico, máquinas de escrever e automóveis.

A série documental “À porta da História”  traz para o domínio do grande público 13 portugueses que se destacaram no seu tempo e, através das suas ações ou da sua obra e conquistaram um lugar na galeria de notáveis. São personalidades com percursos inesperados e cheios de curiosidade que, por acasos do destino, deslizaram para uma zona obscura do mediatismo histórico.

Foram notáveis. Fizeram obra. Muitos deixaram seguidores e influenciaram as gerações seguintes, mas são pouco recordados nas efemérides, nas comemorações, nos manuais escolares ou nas páginas de jornais.

Ficha Técnica

  • Título: À Porta da História - Aurélio Paz dos Reis
  • Tipo: Programa
  • Autoria: Jorge Nunes/ Jorge Paixão cda Costa/ Pandora da Cunha Teles
  • Produção: Ukbar Filmes/ RTP
  • Ano: 2015

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui