Pesquisar

A falta de água potável em Moçambique

Um dos grandes problemas em vastas zonas de Moçambique é a falta de água potável, razão que levou a União Europeia, a UNICEF e o Governo moçambicano a implementarem programas com vista a melhorar o abastecimento de água e o saneamento.

Para obter água bebível em alguns pontos de Moçambique, as populações  necessitam de percorrer quilómetros carregando recipientes de todo o tipo. E muitas vezes são crianças a realizar esta tarefa.

Para contrariar este cenário no distrito de Jangamo, em Inhambane, implementou-se um programa para a construção de um sistema de canalizações que tinha como objetivo levar a água potável a diversas povoações onde residem cerca de 50 mil pessoas.

Nesta reportagem pode ouvir as declarações de Albino Novela, Diretor das Obras Públicas e Habitação Inhambane; Enrico Strampeli, Chefe Cooperação da União Europeia em Maputo e de Michel Le Pochoux, representante adjunto da UNICEF em Moçambique.

Ficha Técnica

  • Título: Água e saneamento básico em Inhambane
  • Tipo: Reportagem
  • Autoria: Carlos Jossia
  • Produção: RTP
  • Ano: 2017

A RTP utiliza cookies no seu sítio para lhe proporcionar uma experiência mais agradável e personalizada. Saiba mais aqui